Prefiro pensar que o contar é arte para ver, ouvir, sentir; arte para um fazer coletivo; arte para ser. De uma coisa estou certo, contar histórias emancipa tanto quem conta, quanto quem ouve.

Celso Sisto

Quer discutir o projeto ou combinar um café?

Entre em contato